Investimento da Apple vai além do mercado de smartphones

De olhos nos negócios, a Apple, com forte presença no mercado de smartphones, sabe que a sua capacidade de inovação e de encantar os seus consumidores não pode ficar limitada. Depois de todos os anos no topo com as vendas dos iPhones, as estratégias se voltam para a  área de entretenimento .

Em março, a empresa divulgou que estaria colocando em prática o plano de disponibilizar serviços de streaming de vídeo, o que irá incluir os serviços de assinatura como notícias e jogos.

Para começar com força total, a Apple não está economizando no elenco de seus artistas, o famoso diretor Steve Spielberg, a apresentadora de TV Oprah Winfrey, e as atrizes hollywoodianas Reese Witherspoon, Jennifer Aniston e Steve Carrell marcaram presença no evento em Cupertino, na Califórnia.

No mercado de vídeo por streaming diversas empresas como a Amazon Prime e a Globo Play também procuram ter a sua participação no ramo. O investimento da Apple em grandes estrelas mundiais é necessário para o destaque da empresa. A Apple TV+ é um serviço de assinatura que não possui anúncios, a previsão de seu lançamento será neste ano para mais de 100 países.

No evento, a empresa afirmou que haverá a produção de programas que possui gigantes no ramo, tanto na frente quanto atrás das câmaras, entre os profissionais estão Jason Momoa, Octavia Spencer, M. Night Shyamalan, e J.J. Abrams. O conteúdo poderá ser visto em um aplicativo da Apple TV e outras plataformas como o Fire TV e o Roku da Amazon. Haverá a liberdade dos usuários escolherem suas assinaturas em serviços de terceiros, como Starz e HBO.

No lado do entretenimento voltado para a leitura, a empresa estreia em sua atualização com os dispositivos iPhone, iPad e iPod, o serviço Apple News+, assinatura de revistas e notícias digitais de sites como Wall Street Journal, Los Angeles Times e mais de 300 revistas, incluindo a Rolling Stone, National Geographic, The New Yorker e Wired. O valor do serviço será de US$ 9,90 por mês. Na área de jogos por streaming haverá o lançamento do Apple Arcade que contará com no mínimo de cem títulos.

Arrumação faz parte da vida de qualidade

Todo mundo gosta de um lugar limpo e organizado, mas nem sempre é fácil manter esse padrão, que como tudo de bom na vida, exige esforço e tempo. Muitas vezes a melhor maneira colocar as coisas no seu devido lugar é deixar um pouco da preguiça de lado e pôr em prática a arrumação e a limpeza.
Depois que as coisas foram limpas e organizadas, fica mais fácil de manter o local quando as pessoas que estão no ambiente se preocupam em conservar a arrumação. Uma coisa básica para o bem-estar de alguém em qualquer lugar é a ordem.

Quando existe muito tempo que uma pessoa deixou de limpar algum lugar ou colocar em ordem algum objeto, então a tarefa se torna mais árdua. Acumular tarefas em vez de simplesmente manter a limpeza torna mais cansativa a arrumação.

Se uma pessoa que gosta de manter as coisas em ordem e limpas precisa conviver com alguém que não gosta e ainda não colabora na arrumação, esse é um fator estressante que pode desgastar o relacionamento tanto na família quanto na vida profissional.

No mundo da ordem e da limpeza a japonesa Marie Kondo é o expoente das notícias que está atraindo o interesse pelo assunto e mudando os hábitos das pessoas. Marie tem um método próprio para o ambiente ficar mais leve e satisfatório.

O seu método se baseia na felicidade de uma pessoa quando algum objeto está em algum lugar. Caso a pessoa não se sinta feliz com o objeto é necessário que ele seja removido. A faxina é realizada por passos, em primeiro lugar está o vestuário, depois vêm os livros, documentos ou papelada, a cozinha, o banheiro, a garagem e a parte de diversos (chamado de Komono). Por último estão os objetos de valor sentimental.

De acordo com Jerrie Sharp, radiologista que se livrou de um terço dos seus pertences, o impacto que essa mudança tem é a saúde mental de uma pessoa que se torna perceptível com a aplicação dos métodos da Marie Kondo. As distrações do radiologista ficaram de lado e até mesmo a sua produtividade melhorou, aumentado a sua qualidade de vida.

Economia brasileira registra mais de 500 mil vagas de emprego abertas em 2018

O Ministério da Economia informou novos dados que destacam um novo cenário para a economia brasileira. Depois de três anos de registros de demissões, o ano de 2018 fechou com um bom resultado de novas vagas formais abertas. Segundo o ministério, ao todo foram 529.554 vagas abertas somente em 2018.

As vagas abertas durante um período é o mesmo que a diferença entre o total de contratações e demissões do mesmo período. No ano passado foram contabilizadas 15.384.283 contratações e 14.854.729 demissões. A diferença entre esses dois indicadores é o saldo positivo de vagas abertas com carteira assinada.

Todos esses dados foram obtidos por meio do Caged (Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados). Já as notícias divulgadas pelo Ministério ocorreram no dia 23 de janeiro de 2019, após o balanço dos dados registrados no ano passado.

Considerando o ano todo, os dados oficiais do Caged destacam que 2018 também obteve um bom resultado. Desde 2013, o Brasil não abria tantas vagas de emprego formais, pois na época, o número chegou ao total de 1.138.562 vagas abertas. Sendo assim, o Ministério da Economia concluiu que o total de vagas abertas em 2018 foi maior dentre os últimos cinco anos.

Contabilizando as vagas criadas em 2018 e o total de empregos formais que já existiam, o estoque de empregos formais existentes chegou a 38,39 milhões ao término do ano. No ano de 2017 esse mesmo estoque ficou em 37,86 milhões de empregos formais existentes. Em se tratando do estoque de empregos formais, o ano de 2018 foi o que teve o estoque mais alto desde o ano de 2015, quando a economia brasileira registrou um total de 39,20 milhões de brasileiros trabalhando com carteira assinada.

No entanto, ao término de 2018 os dados mostraram um grande número de vagas formais fechadas. Em dezembro de 2018 esse dado chegou a um total de 334.462 vagas fechadas, enquanto que no mesmo mês em 2017 o número chegou a 328.538 vagas formais fechadas.

Segundo o presidente da República Jair Bolsonaro e o ministro Rogério Marinho do Ministério da Economia, essas e outras conquistas obtidas pela reforma trabalhista serão ainda mais acentuadas neste e nos próximos anos.

Guilherme Paulus discute sobre empreendedorismo em encontro realizado pelo Estadão

Na função de presidente do Conselho Administrativo da CVC, Guilherme Paulus já declarou que o grande segredo para trilhar uma trajetória de sucesso é confiar bastante no próprio negócio e estabelecer suas metas e objetivos. Na década de 70, aos 23 anos, o executivo fundou a primeira agência da CVC, a qual atraia clientes especialmente para o turismo em cidades próximas, realizado de ônibus.

Durante os quarenta anos que se seguiram, o empresário transformou essa pequena agência na maior empresa de turismo do Brasil, com mais de 8 mil funcionários e 700 lojas em todo o país, que atendem a milhões de clientes anualmente.

Isso tudo só foi possível graças a determinação e a vontade de estar sempre se reinventando de Guilherme Paulus. Entre as apostas adotadas pelo empresário, ele arriscou de tornar sua rede de agências a primeira a fretar aeronaves em voos para o exterior. Além disso, ele também fez com que a CVC fosse uma das primeiras desse segmento a aceitar que os clientes dividissem o valor das passagens aéreas, o que atraiu um grande número de interessados.

Ao longo de um evento promovido pelo jornal Estadão com foco em pequenos empresários, o fundador da CVC contou com mais detalhes a sua trajetória como empreendedor e aconselhou aqueles que estão pensando em investir no mundo dos negócios.

Guilherme Paulus chegou a comparar o empreendedorismo com um jogo de videogame, destacando que é necessário planejar com cuidado antes de agir, e ainda contar com a ajuda da sorte, pois alguns desdobramentos são muito difíceis de serem previstos com antecedência. Sendo assim, conseguir se preparar devidamente para lidar com o inesperado é uma característica essencial para qualquer um que queira empreender.

Para alcançar o sucesso, ele ressaltou que acredita ser necessário ter “10% de inspiração e 90% de transpiração”. Nesse caso, os empresários precisam trabalhar bastante para errar pouco ou quase nada, e também se preparar para conhecer o máximo possível acerca de seu campo de atuação, o que se tornou menos difícil nos últimos anos com o auxílio da internet e do meio digital.

Apesar de muito planejamento, o empresário Guilherme Paulus admitiu que ainda aparecerão problemas, seja qual for o ramo da empresa. Relembrando os primeiros anos da CVC, ele contou sobre as dificuldades enfrentadas para realizar reservas com redes hoteleiras de grande porte e em pagar os custos dos quartos antecipadamente para os clientes que optavam pelo parcelamento. De acordo com ele, era difícil negociar com os grandes hotéis, mas com foco e determinação foi possível assinar contratos vantajosos.

Além da persistência e confiança para ultrapassar as dificuldades, o empresário também destacou durante o evento que o departamento de vendas de uma empresa é essencial para que os negócios cresçam de forma orgânica e seja possível alcançar todas as metas almejadas pelo empreendedor.

Para encerrar, Guilherme Paulus ainda discursou acerca do tema da concorrência e como esta deve ser tratada por um empresário. Segundo ele, é fundamental permanecer alerta em relação a tudo o que ocorre no mercado, até mesmo para a concorrência indireta. O motivo disso está no fato de que o orçamento de um cliente em potencial é o mesmo, e quando os clientes estão gastando com novos veículos ou imóveis, as chances de ocorrer a aquisição de um pacote de viagem nas férias acaba sendo menor.

Guilherme Paulus fala sobre os seus negócios em encontro promovido pelo Estadão

Atual presidente do Conselho de Administração da CVC, o empresário Guilherme Paulus garante que o principal segredo para construir uma empresa bem-sucedida está em acreditar no próprio negócio e ter um objetivo em mente. Nos anos 70, aos 20 e poucos anos de idade, o empresário criou a CVC, na época uma pequena agência com foco no turismo rodoviário.

Nas quatro décadas seguintes, o empresário tornou a empresa a principal agência de turismo da América Latina, com cerca de oito mil operadores de viagem, 700 filiais por todo o Brasil e milhões de clientes a cada ano.

Para alcançar esse importante feito, Guilherme Paulus precisou de muita determinação e coragem para inovar. Como exemplo disso, ele fez com que a empresa se tornasse pioneira em fretar aviões para voos internacionais, além de ter sido uma das primeiras agências do ramo a permitir que os clientes parcelassem o valor dos seus pacotes aéreos, atraindo assim uma nova classe de viajantes.

Durante um encontro realizado pelo jornal Estado de S. Paulo para pequenos empreendedores, o empresário relembrou sua trajetória profissional e compartilhou conselhos importantes para quem está começando no ramo dos negócios.

De acordo com Guilherme Paulus, empreender é similar a um jogo de videogame, sendo preciso bastante planejamento e um pouco de sorte, tendo em vista que em algumas situações é impossível prever o que irá acontecer. Nesse aspecto, estar preparado para enfrentar desfechos inesperados é uma qualidade fundamental para quem pretende se arriscar no empreendedorismo.

Em relação a fórmula para o sucesso, o empresário destacou que, para ele, é necessário “10% de inspiração e 90% de transpiração”. Para isso, é preciso trabalhar de forma árdua com o intuito de errar o mínimo possível, além de se esforçar para ter um amplo domínio sobre o seu setor de atuação, algo que se tornou mais fácil com o surgimento das redes sociais.

Mesmo com planejamento e preparação, Guilherme Paulus ressaltou que sempre irão surgir dificuldades, para toda e qualquer empresa. Ele citou como exemplo os anos iniciais da CVC, quando a agência teve problemas em fazer reservas nas grandes redes de hotéis e arcar com os custos dos quartos de forma antecipada. Segundo o empresário, era bastante complicado negociar com as empresas de grande porte, mas após muita insistência, ele acabou conseguindo fechar bons contratos.

Para superar as adversidades, além da insistência é preciso ter muito foco e a confiança de que um negócio tem o potencial de estar entre os melhores. Contudo, ao longo do encontro com pequenos empreendedores, o fundador da CVC aconselhou sobre ao quanto o departamento de vendas da empresa é determinante para que a companhia possa crescer e concretizar as metas estabelecidas pelo seu dono.

Por fim, Guilherme Paulus falou um pouco sobre a questão da concorrência e como esse assunto deve ser administrado pelos empreendedores. De acordo com ele, é importante se manter atento a todas as novidades que aparecem no mercado, e se preocupar não apenas com a concorrência direta, mas também com a concorrência indireta. O empresário relembrou que o orçamento dos clientes é um só, e que quando o indivíduo adquire um automóvel, por exemplo, dificilmente será possível comprar logo em seguida um pacote de viagem. Por esse motivo, é fundamental estar ciente do que acontece a sua volta e se esforçar continuamente para não deixar passar nenhuma venda sequer.

https://videos.band.uol.com.br/16115131/sonia-racy-entrevista-guilherme-paulus-%E2%80%93-parte-1.html

Carlos Alberto de Oliveira Andrade fala sobre o sucesso da nova montadora

Durante a edição 52º da premiação “Carro do Ano”, considerada uma importantíssima celebração voltada ao setor automotivo no Brasil, o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade recebeu o título de Executivo do Ano 2019. Essa homenagem é importante para a carreira do empresário e para o sucesso da CAOA CHERY. O prêmio foi recebido pelo empresário na noite de 26 de novembro de 2018 durante o evento realizado pela revista Auto Esporte (Editora Globo).

 

A decisão da revista em escolher Carlos Alberto de Oliveira Andrade como o maior executivo em atividade no Brasil, é devido ao fato de que o empresário vem passando por um ano intenso em relação aos negócios. Intenso do ponto de vista bom, pois um grande acordo entre a CAOA e à CHERY no final de 2017 deu origem a uma nova montadora 100% brasileira, a CAOA CHERY. Essa incorporação entre as duas empresas do setor automotivo tem sido muito bom em 2018 e traz grandes expectativas de impulsionar a economia nacional durante os próximos anos.

 

Durante todo o ano de 2018 a nova montadora apresentou números expressivos de vendas de veículos em todo o Brasil. Isso foi importante para a sua evolução neste cenário de grandes desafios que é o setor automobilístico nacional. Um dos grandes indicadores do sucesso da CAOA CHERY é o seu posicionamento no ranking Market Share, com um salto da posição 20a para 15a em 12 meses de trabalho e dedicação. Carlos Alberto de Oliveira Andrade esteve à frente desse sucesso e entende que uma boa participação de mercado nestes primeiros anos de empresa é fundamental para se firmar entre as grandes fabricantes de veículos.

 

O primeiro modelo lançado pela CAOA CHERY é o Tiggo 2, que durante o ano de 2018 foi um sucesso de venda. Esse veículo também foi bem recebido durante a última edição do Salão Internacional do Automóvel, que ocorreu em São Paulo. Com base no sucesso do Tiggo 2, a empresa tem grandes expectativas com o lançamento sem data prevista para o Tiggo 8, também lançado na última edição do Salão Internacional do Automóvel. Carlos Alberto de Oliveira Andrade e outros empresários envolvidos com o trabalho da CAOA CHERY sabem que esse processo de conquistar uma boa bagatela do mercado automotivo no Brasil é gradual.

 

Os impactos negativos da recessão econômica recente, somados a mudança de governo e a reestruturação do mercado internacional automotivo para veículos híbridos e elétricos, faz com que cada decisão e lançamento da empresa sejam bem avaliados. Outros veículos estão previstos para serem lançados pela nova montadora em 2019, sendo eles: o Arrizo 5, o SUV Tiggo 5x e o Tiggo 7. Oficialmente, o Tiggo 5x está sendo lançado em dezembro de 2018, sendo um dos lançamentos mais esperados para este ano.

 

“Sinto felicidade em ser homenageado como um executivo de sucesso, pois isso indica com certeza que estamos no caminho certo. Todos estão cientes do orgulho e dedicação que temos com essa nova parceria. Devido a isso, é essencial lembrarmos que estamos concretizando o sonho de uma montadora de grande renome 100% nacional”, diz Carlos Alberto de Oliveira Andrade.

Guilherme Paulus e sua importância para a hotelaria e turismo brasileiro

O empresário brasileiro Guilherme Paulus é um dos empreendedores de hotelaria e turismo mais reconhecidos pelo seu trabalho na atualidade. Em dezembro de 2017 ele foi eleito o empreendedor do ano pela revista IstoÉ Dinheiro, uma das mais conceituadas do mundo dos negócios.

Além desse reconhecimento, Paulus já recebeu várias homenagens, inclusive em cidades de outros países, como Miami, nos Estados Unidos, e Buenos Aires, na Argentina, por promover o turismo nesses municípios. Na França foi homenageado pelo governo por atrair turistas através de ações de suas empresas.

Guilherme Paulus é o fundador da agência de viagens CVC, que hoje é administrada por uma empresa norte-americana. Paulus ainda é o presidente do conselho da CVC e passou a investir no ramo hoteleiro, criando a GJP Hotels e Resorts, bem como a GJP Construtora e Incorporadora.

 

A primeira empresa se trata de uma rede de vinte e sete hotéis e resorts, sendo grande parte deles de luxo. A segunda empresa do grupo se dedica a construção de condomínios de alto padrão em cidades turisticas e movimentadas do Brasil, a fim de atrair clientes dispostos a investir pequenas fortunas por lares em locais cobiçados por turistas.

Para ampliar ainda mais o seu negócio, Guilherme Paulus anunciou que vai criar mais uma marca dentro do grupo GJP para a inauguração de um hotel de luxo na capital paulista. A entrega do prédio, que vai contar com sessenta e cinco apartamentos, restaurante e espaço amplo para a realização de eventos diversos, deve acontecer entre o final de 2020 e começo de 2021. O empreendimento também deve ganhar uma segunda unidade no Rio de Janeiro, em data e local que ainda serão definidos.

A rede hoteleira de Guilherme Paulus é uma das maiores do Brasil e da América Latina, quando o assunto é turismo voltado para lazer e negócios. No empreendimento existem marcas de hotéis luxuosos, econômicos e intermediários, conhecidos como três estrelas, a fim de atender todos os públicos. Os principais empreendimentos da rede, que iniciou suas atividades em 2005, são a Saint Andrews Gramado, bem como o Wish Serrano Resort.

Recentemente a Fundação 25 de Janeiro completou trinta e cinco anos de existência e Guilherme divulgou uma carta aberta para homenagear a fundação e sua principal marca, a Visite São Paulo. O empresário ressaltou que as quase quatro décadas da empresa são um marco para o setor turístico e hoteleiro do Brasil.

Paulus aproveitou para agradecer todos os associados da Visite São Paulo e da fundação como um todo, pois são eles que movimentam a economia do setor, trabalhando com afinco para proporcionar a melhor experiência possível aos clientes, seja no setor de transportes, hospedagens ou gastronomia.

Por fim, ele salientou que os associados colaboram com as feiras e o marketing de conteúdo, levando o turismo e hotelaria do país a cada vez mais pessoas, e assim consolidando o mercado brasileiro como um dos principais do mundo no setor. Guilherme se diz otimista com o crescimento do país e do setor e convidou os associados a também encarrarem o futuro com otimismo, a fim de obter prosperidade e oportunidades de novos negócios.

JHSF sob a liderança de Jose Neto

Toda empresa pode ajudar alguém a adquirir uma fortuna. Existe uma lista de empresas que são conhecidas por serem superiores no mundo do empreendedorismo. Entre eles está o negócio imobiliário . No entanto, exige que se faça algum esforço e seja paciente. Aprender com os pioneiros do campo é primordial, bem como conhecer os prós e contras do empreendimento.

Apesar de o Brasil ter mais de 200 milhões de ocupantes, o setor imobiliário é algo que permanece inexplorado há muito tempo. A JHSF ajudou na construção do negócio imobiliário no Brasil. Eles entendem as necessidades e preferências de seus clientes porque estão em campo há mais de duas décadas, o que lhes permitiu experimentar todas as mudanças que ocorrem no mercado.

A JHSF foi uma criação de dois irmãos que tinham como objetivo ser a empresa imobiliária mais proeminente do estado. Bem, eles estão vivendo esse sonho agora porque a empresa é responsável pela construção de muitas empresas no estado, eles construíram restaurantes elegantes, hotéis e aeroportos.

O sucesso da empresa pode ser atribuído à entrada de Jose Neto. Ele ingressou na empresa com a idade de 27 anos e veio com idéias que mudaram a face da organização. Por exemplo, ele ajudou a empresa a adquirir os direitos para desenvolver shopping centers e levou a JHSF a construir o primeiro shopping no Brasil.

Jose Neto expandiu a empresa e agora está desenvolvendo propriedades globalmente. Os clientes estão confiantes de que continuarão recebendo serviços de qualidade com Jose Neto como diretor executivo da empresa.

Todo sonho é válido. Realizar até os sonhos mais loucos é possível. Entre alguns fatores que você precisa considerar é a liderança especializada da empresa . Tenha cuidado com quem você dá ao banco da frente da empresa, uma vez que determina o resultado.

Jose Auriemo Neto juntou-se à JHSF em 1993 e, desde então, tem ajudado a empresa extensivamente. Após quatro anos de sua chegada, seus frutos começaram a aparecer. Ele fundou uma ala Parkbem da empresa que lida principalmente com estacionamento e gerenciamento de serviços.

Ele é um empresário e líder qualificado e um homem de família com dois filhos. Graduou-se pela Universidade FAAP (Fundacao Armando AlvaresPenteado), localizada em São Paulo.

Conheça mais sobre a premiação que condecorou um dos hotéis de Guilherme Paulus

O conglomerado hoteleiro de Guilherme Paulus teve uma de suas unidades premiadas através do evento que é comparado ao “Oscar” em termos de relevância para o segmento. Trata-se do World Travel Awards, que atingiu a marca de 25 edições. O resort Wish, sediado em Foz do Iguaçu, no Paraná foi o escolhido pelo público como “O melhor para famílias”. A premiação em questão diz respeito a todos os hotéis presentes na América do Sul.

Para simbolizar a entrega do prêmio, uma cerimônia foi realizada em meados do mês de setembro de 2018. Embora o hotel seja brasileiro, a festividade de premiação ocorreu em terras equatorianas, na cidade de Guayaquil. No ano de 2016 o mesmo hotel da rede de Guilherme Paulus conseguiu vencer o World Travel Awards, mas na categoria que destacava o “Melhor Resort do Brasil.”

Outras unidades hoteleiras do cenário nacional estavam representadas na cerimônia do prêmio de 2018. Como “Melhor Resort de Praia”, o país contou com o hotel Dom Pedro Laguna, de Fortaleza. Já na categoria que escolheu o “Melhor Hotel de Luxo”, o estabelecimento Saint Andrews foi eleito como o que melhor se destaca nesse quesito. Vale salientar que alguns municípios também foram premiados, como no caso do Rio de Janeiro, em razão de ser classificado como um dos melhores destinos voltados aos esportistas.

Os critérios avaliados obedeceram a uma votação de natureza pública a fim de que se elegesse os melhores de cada categoria. Vários pontos foram observados para que se escolhesse os estabelecimentos hoteleiros prediletos dos hóspedes. Dentre os itens que foram preenchidos, houve a observação da infraestrutura oferecida pelas unidades, a qualidade verificada nos serviços, o modo como se desenvolviam os produtos e até mesmo a forma de se administrar os hotéis.

As partes gastronômicas e de lazer são algumas das que mais se destacam no resort Wish, que conta atualmente com um espaço total de 225 hectares. Em 2009 houve a compra do hotel em questão pelo grupo de Guilherme Paulus, o GJP. Assim que ocorreu a oficialização da aquisição da unidade, deu-se início uma espécie de reforma, que levou em conta tanto os aspectos de ordem arquitetônica quanto aqueles relacionados à administração.

A área compreendida pelo hotel está dividida em espaços voltados aos restaurantes, piscinas para adultos e crianças, salão de beleza, parede própria para escalada, adega, etc. Além disso, 215 apartamentos são disponibilizados para locação. Um clube infantil também faz parte das dependências do local de propriedade de Guilherme Paulus, bem como um campo para os hóspedes que se interessem por golfe. Desse modo, os maiores destaques do empreendimento são voltados para quem aprecia o esporte e a gastronomia de ordem internacional.

As iniciais do nome do empresário Guilherme Paulus foram emprestadas para se compor a sigla do grupo GJP. Hoje há um total de 14 unidades hoteleiras em operação na organização. No início, entretanto, a realidade era de simplicidade, já que o empreendedor dispunha de apenas um hotel aberto em todo o país.

No modo de gerir sua rede hoteleira, o empresário imprimiu uma espécie de marca. Periodicamente ele organiza programações com o intuito de aproximar sua clientela da administração dos hotéis. Para que isso ocorra, a participação na gastronomia foi adotada por ele como meio de se conseguir tal intento. Assim sendo, alguns hóspedes podem escolher o que irá ser preparado no cardápio.