Empreendedora incentiva que mulheres deixem seus empregos em busca de algo melhor

Fundadora da agência de publicidade Red & Co, a empresária Mira Kaddoura defende a ideia de que pedir demissão, em se tratando de mulheres, pode ser uma atitude impulsionadora para a carreira. Nos dias atuais ela é reconhecida pelo sucesso nos negócios de sua empresa, mas em tempos passados já amargou experiências desanimadoras ao trabalhar em determinadas companhias.

Com destaque para o segmento em que atua, o meio publicitário, ela afirmou em uma reportagem publicada pelo site da Pequenas Empresas & Grandes Negócios, que trata-se de um ramo ainda bastante dominado pelo público masculino. Dessa forma, sentia-se tratada sem a devida valorização profissional em boa parte dos locais em que havia trabalhado.

Após pedir demissão do trabalho, Mira abriu um negócio e percebeu sua própria capacidade de empreender. Com base nas experiências vividas nesta nova fase, ela decidiu atuar também como uma espécie de guru para que outras mulheres pudessem encontrar motivação na busca por mais valorização no trabalho, sobretudo por meio da abertura de uma empresa.

A empresária esclareceu que por inúmeras vezes já escutou sobre casos em que as mulheres eram praticamente impedidas de avançarem para cargos mais promissores. E isso, segundo ela, ocorria em razão de outros homens pleitearem os mesmos cargos que elas. Com isso, ainda que estes não tivessem a devida capacitação para exercê-los, acabavam sendo contemplados com promoções.

Em sua empresa, contudo, ela procura modificar a maneira como as mulheres são vistas e tratadas pelo mercado de trabalho. De acordo com suas alegações, o intuito é modificar diariamente a forma como o meio publicitário lida com o público feminino em seus quadros de colaboradores. Mira destaca que houve a necessidade de se desapegar de alguns conceitos ultrapassados.

A ideia de que alguém deva se manter em um trabalho por conta da questão de segurança é nocivo, segundo ela. A empresária pontua que se trata de uma espécie de ilusão acreditar que não irá encontrar uma ocupação mais satisfatória.

O medo de fracassar também não pode servir como impedimento para que se avance na carreira. Mira enfatiza que o fracasso serve como uma maneira de adaptação diante de situações desafiadoras.

Saiba mais:

https://revistapegn.globo.com/Mulheres-empreendedoras/noticia/2018/11/por-que-sair-do-emprego-pode-ser-o-movimento-mais-interessante-da-carreira-de-uma-mulher.html

China afirma que abrirá mais sua economia para o mundo

Em entrevista concedida ao ao jornal de Singapura Straits Times nesta segunda-feira (12), Li Keqiang primeiro-ministro da China, afirmou que Pequim deve abrir ainda mais as portas para sua economia, diante do protecionismo. A declaração foi feita poucos dias antes de reuniões entre líderes de estado da Ásia-Pacífica, que ocorrerá em Singapura.

“A China abriu suas portas ao mundo; nunca vamos fechá-las, mas abri-las ainda mais”, afirmou Li. Ele pede uma economia mundial aberta a frente do aumento do protecionismo e unilateralismo”. Apesar de não se referir abertamente ao distanciamento comercial entre Estados Unidos e a China.

A fala do primeiro ministro antes dos encontros aconteceram no mesmo momento que o primeiro-ministro de Singapura, Lee Hsien Loong, pede aos parceiros comercias uma maior integração em nível regional. Para ele o multilateralismo é ameaçado por pressões políticas.

As reuniões que ocorrerão durante esta semana não terá a presença de Donald Trump. O presidente norte-americano afirmou em mais de uma ocasião que vários acordo multilaterais que existem não são justos. Em seu lugar participará o vice-presidente dos EUA, Mike Pence. Além dele são presenças confirmadas o presidente russo, Vladimir Putin, o premiê japonês, Shinzo Abe, o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, entre outros líderes da região.

Reuniões podem ser passo inicial para trégua

Ao mesmo tempo o vice-presidente chinês Wang Qishan, anunciava a participação reunião bilateral em Washington nos EUA, que ocorrerá nos próximos dias. Para ele, a reunião sobre segurança e diplomacia que ocorre na capital estadunidense abre uma brecha para a reconciliação em meio a guerra comercial entre os dois países.

“A China manterá a calma e a cabeça fria para poder sustentar uma atitude receptiva”, ressalta o vice-presidente que afirmou que ambas as nações desejam manter um comércio de cooperação bilateral.

Wang também pediu para que China e Estados Unidos “aparem as arestas” nesse contexto de crescente incertezas. “O mundo de hoje enfrenta muitos problemas graves que exigem uma estreita cooperação entre as duas maiores economias do mundo”, ressalta Wang .

Formas de Ganhar Dinheiro na Internet

Perseguir um diploma universitário e ter um negócio parece incompatível. Certo? Muitas pessoas provavelmente acham que você não pode combinar esses dois porque ambos exigem sua atenção.

Não acredite. É possível buscar um diploma e correr atrás de um negócio e ainda terminar com boas notas.

Você só precisa combinar sua atividade acadêmica com o negócio certo, que não desvie sua atenção de seus objetivos acadêmicos.

Onde mais você pode fazer isso se não estiver online? Como estudante, você pode ganhar dinheiro on-line e ainda administrar sua vida acadêmica. Aqui estão melhores maneiras de ganhar dinheiro on-line como estudante.

  1. Freelancing/Blogging: Nesta era digital, se você pode escrever, você pode ganhar dinheiro. Sua habilidade de escrever pode ajudá-lo a ganhar algum dinheiro como estudante. Freelancing e blogs estão associados com a escrita e com o seu presente escrito, você pode facilmente ganhar dinheiro escrevendo para plataformas online e ser pago pelo seu conteúdo.
  2. Registro Online: Com o seu laptop e acesso à internet, você pode ganhar dinheiro com o registro online. Você pode ajudar outros alunos com o registro do curso, pedidos de bolsa de estudos, pagamento de taxas escolares e cobrá-los pelo serviço.
  3. Edição de Vídeo: O mundo está se inclinando mais para o consumo de notícias e vídeo. Artistas do Instagram, por exemplo, precisam dos serviços de editores de vídeo para sobreviver.
  4. Como editor de vídeos para estudantes, você pode ganhar muito dinheiro com a edição de vídeos e comprar seus gadgets de edição com o dinheiro que ganhar.
  5. Design gráfico: Essa habilidade também está em alta demanda. Designers gráficos são necessários em todos os lugares nos dias de hoje. Como toda empresa acha difícil sobreviver sem estar on-line, os designers gráficos são tão altamente necessários quanto os negócios precisam de uma presença digital.
  6. Como artista gráfico-estudante, você ganhará muito dinheiro criando conceitos visuais como logotipo, banners, anúncios, folhetos, revistas e assim por diante para grandes e pequenas empresas.
  7. Gestão de mídia social: Se você construir uma marca respeitável nas mídias sociais como um influenciador, você terá a chance de ganhar dinheiro. As empresas entrarão em contato para comercializar seus produtos em sua página por um valor razoável.
  8. Você também pode gerenciar páginas de mídia social para marcas aumentando os engajamentos e ajudando-os a conquistar seguidores.

Sistemas Econômicos

Um sistema econômico consiste nas instituições e no método pelo qual os recursos são alocados e os produtos e serviços são distribuídos. Os sistemas econômicos diferem principalmente em quem possui os fatores de produção , como a alocação de recursos é direcionada e o método usado para direcionar a atividade econômica. A principal distinção entre os diferentes sistemas é o grau em que o governo participa da economia.

O comunismo , também conhecido como sistema de comando , é um sistema econômico em que o governo detém a maioria dos fatores de produção e decide a alocação de recursos e quais produtos e serviços serão fornecidos.

Os principais criadores da doutrina comunista foram Karl Marx e Frederick Engels . Como os socialistas antes deles, eles queriam acabar com a exploração das massas por poucos. O sistema capitalista na época exigia que os trabalhadores trabalhassem em condições severas e perigosas por pouco pagamento. O objetivo final do comunismo era eliminar as distinções de classe entre as pessoas, onde todos compartilhavam igualmente os lucros da sociedade, quando o governo não seria mais necessário.

Karl Marx concordou com Louis Blanc em como o trabalho e a renda deveriam ser administrados: “De cada um de acordo com suas habilidades, para cada um de acordo com suas necessidades”. No entanto, parece claro na história que Adam Smith tinha o princípio correto, que é o de que as pessoas trabalham por interesse próprio.

Marx e Engels acreditavam que havia uma luta de classes entre as massas, a que Marx se referia como o proletariado , que só podia oferecer seu trabalho, e os proprietários dos meios de produção, que incluíam terra, matérias-primas, ferramentas e máquinas; especialmente dinheiro. Karl Marx chamou esses membros da classe dominante de burguesia . Ele acreditava que uma revolução política era essencial porque o Estado era um instrumento central da sociedade capitalista e, como a burguesia tinha um domínio sobre o governo, em muitos casos seria necessário usar a força e a violência para derrubar os capitalistas.

Embora Marx e Engels acreditassem que a propriedade deveria pertencer à sociedade, eles realmente não pensavam muito em como as decisões econômicas seriam tomadas. Os países comunistas, particularmente a Rússia e a China, decidiram por uma economia centralmente planejada (também conhecida como economia de comando).

Guilherme Paulus e sua importância para a hotelaria e turismo brasileiro

O empresário brasileiro Guilherme Paulus é um dos empreendedores de hotelaria e turismo mais reconhecidos pelo seu trabalho na atualidade. Em dezembro de 2017 ele foi eleito o empreendedor do ano pela revista IstoÉ Dinheiro, uma das mais conceituadas do mundo dos negócios.

Além desse reconhecimento, Paulus já recebeu várias homenagens, inclusive em cidades de outros países, como Miami, nos Estados Unidos, e Buenos Aires, na Argentina, por promover o turismo nesses municípios. Na França foi homenageado pelo governo por atrair turistas através de ações de suas empresas.

Guilherme Paulus é o fundador da agência de viagens CVC, que hoje é administrada por uma empresa norte-americana. Paulus ainda é o presidente do conselho da CVC e passou a investir no ramo hoteleiro, criando a GJP Hotels e Resorts, bem como a GJP Construtora e Incorporadora.

 

A primeira empresa se trata de uma rede de vinte e sete hotéis e resorts, sendo grande parte deles de luxo. A segunda empresa do grupo se dedica a construção de condomínios de alto padrão em cidades turisticas e movimentadas do Brasil, a fim de atrair clientes dispostos a investir pequenas fortunas por lares em locais cobiçados por turistas.

Para ampliar ainda mais o seu negócio, Guilherme Paulus anunciou que vai criar mais uma marca dentro do grupo GJP para a inauguração de um hotel de luxo na capital paulista. A entrega do prédio, que vai contar com sessenta e cinco apartamentos, restaurante e espaço amplo para a realização de eventos diversos, deve acontecer entre o final de 2020 e começo de 2021. O empreendimento também deve ganhar uma segunda unidade no Rio de Janeiro, em data e local que ainda serão definidos.

A rede hoteleira de Guilherme Paulus é uma das maiores do Brasil e da América Latina, quando o assunto é turismo voltado para lazer e negócios. No empreendimento existem marcas de hotéis luxuosos, econômicos e intermediários, conhecidos como três estrelas, a fim de atender todos os públicos. Os principais empreendimentos da rede, que iniciou suas atividades em 2005, são a Saint Andrews Gramado, bem como o Wish Serrano Resort.

Recentemente a Fundação 25 de Janeiro completou trinta e cinco anos de existência e Guilherme divulgou uma carta aberta para homenagear a fundação e sua principal marca, a Visite São Paulo. O empresário ressaltou que as quase quatro décadas da empresa são um marco para o setor turístico e hoteleiro do Brasil.

Paulus aproveitou para agradecer todos os associados da Visite São Paulo e da fundação como um todo, pois são eles que movimentam a economia do setor, trabalhando com afinco para proporcionar a melhor experiência possível aos clientes, seja no setor de transportes, hospedagens ou gastronomia.

Por fim, ele salientou que os associados colaboram com as feiras e o marketing de conteúdo, levando o turismo e hotelaria do país a cada vez mais pessoas, e assim consolidando o mercado brasileiro como um dos principais do mundo no setor. Guilherme se diz otimista com o crescimento do país e do setor e convidou os associados a também encarrarem o futuro com otimismo, a fim de obter prosperidade e oportunidades de novos negócios.

JHSF sob a liderança de Jose Neto

Toda empresa pode ajudar alguém a adquirir uma fortuna. Existe uma lista de empresas que são conhecidas por serem superiores no mundo do empreendedorismo. Entre eles está o negócio imobiliário . No entanto, exige que se faça algum esforço e seja paciente. Aprender com os pioneiros do campo é primordial, bem como conhecer os prós e contras do empreendimento.

Apesar de o Brasil ter mais de 200 milhões de ocupantes, o setor imobiliário é algo que permanece inexplorado há muito tempo. A JHSF ajudou na construção do negócio imobiliário no Brasil. Eles entendem as necessidades e preferências de seus clientes porque estão em campo há mais de duas décadas, o que lhes permitiu experimentar todas as mudanças que ocorrem no mercado.

A JHSF foi uma criação de dois irmãos que tinham como objetivo ser a empresa imobiliária mais proeminente do estado. Bem, eles estão vivendo esse sonho agora porque a empresa é responsável pela construção de muitas empresas no estado, eles construíram restaurantes elegantes, hotéis e aeroportos.

O sucesso da empresa pode ser atribuído à entrada de Jose Neto. Ele ingressou na empresa com a idade de 27 anos e veio com idéias que mudaram a face da organização. Por exemplo, ele ajudou a empresa a adquirir os direitos para desenvolver shopping centers e levou a JHSF a construir o primeiro shopping no Brasil.

Jose Neto expandiu a empresa e agora está desenvolvendo propriedades globalmente. Os clientes estão confiantes de que continuarão recebendo serviços de qualidade com Jose Neto como diretor executivo da empresa.

Todo sonho é válido. Realizar até os sonhos mais loucos é possível. Entre alguns fatores que você precisa considerar é a liderança especializada da empresa . Tenha cuidado com quem você dá ao banco da frente da empresa, uma vez que determina o resultado.

Jose Auriemo Neto juntou-se à JHSF em 1993 e, desde então, tem ajudado a empresa extensivamente. Após quatro anos de sua chegada, seus frutos começaram a aparecer. Ele fundou uma ala Parkbem da empresa que lida principalmente com estacionamento e gerenciamento de serviços.

Ele é um empresário e líder qualificado e um homem de família com dois filhos. Graduou-se pela Universidade FAAP (Fundacao Armando AlvaresPenteado), localizada em São Paulo.

Conheça mais sobre a premiação que condecorou um dos hotéis de Guilherme Paulus

O conglomerado hoteleiro de Guilherme Paulus teve uma de suas unidades premiadas através do evento que é comparado ao “Oscar” em termos de relevância para o segmento. Trata-se do World Travel Awards, que atingiu a marca de 25 edições. O resort Wish, sediado em Foz do Iguaçu, no Paraná foi o escolhido pelo público como “O melhor para famílias”. A premiação em questão diz respeito a todos os hotéis presentes na América do Sul.

Para simbolizar a entrega do prêmio, uma cerimônia foi realizada em meados do mês de setembro de 2018. Embora o hotel seja brasileiro, a festividade de premiação ocorreu em terras equatorianas, na cidade de Guayaquil. No ano de 2016 o mesmo hotel da rede de Guilherme Paulus conseguiu vencer o World Travel Awards, mas na categoria que destacava o “Melhor Resort do Brasil.”

Outras unidades hoteleiras do cenário nacional estavam representadas na cerimônia do prêmio de 2018. Como “Melhor Resort de Praia”, o país contou com o hotel Dom Pedro Laguna, de Fortaleza. Já na categoria que escolheu o “Melhor Hotel de Luxo”, o estabelecimento Saint Andrews foi eleito como o que melhor se destaca nesse quesito. Vale salientar que alguns municípios também foram premiados, como no caso do Rio de Janeiro, em razão de ser classificado como um dos melhores destinos voltados aos esportistas.

Os critérios avaliados obedeceram a uma votação de natureza pública a fim de que se elegesse os melhores de cada categoria. Vários pontos foram observados para que se escolhesse os estabelecimentos hoteleiros prediletos dos hóspedes. Dentre os itens que foram preenchidos, houve a observação da infraestrutura oferecida pelas unidades, a qualidade verificada nos serviços, o modo como se desenvolviam os produtos e até mesmo a forma de se administrar os hotéis.

As partes gastronômicas e de lazer são algumas das que mais se destacam no resort Wish, que conta atualmente com um espaço total de 225 hectares. Em 2009 houve a compra do hotel em questão pelo grupo de Guilherme Paulus, o GJP. Assim que ocorreu a oficialização da aquisição da unidade, deu-se início uma espécie de reforma, que levou em conta tanto os aspectos de ordem arquitetônica quanto aqueles relacionados à administração.

A área compreendida pelo hotel está dividida em espaços voltados aos restaurantes, piscinas para adultos e crianças, salão de beleza, parede própria para escalada, adega, etc. Além disso, 215 apartamentos são disponibilizados para locação. Um clube infantil também faz parte das dependências do local de propriedade de Guilherme Paulus, bem como um campo para os hóspedes que se interessem por golfe. Desse modo, os maiores destaques do empreendimento são voltados para quem aprecia o esporte e a gastronomia de ordem internacional.

As iniciais do nome do empresário Guilherme Paulus foram emprestadas para se compor a sigla do grupo GJP. Hoje há um total de 14 unidades hoteleiras em operação na organização. No início, entretanto, a realidade era de simplicidade, já que o empreendedor dispunha de apenas um hotel aberto em todo o país.

No modo de gerir sua rede hoteleira, o empresário imprimiu uma espécie de marca. Periodicamente ele organiza programações com o intuito de aproximar sua clientela da administração dos hotéis. Para que isso ocorra, a participação na gastronomia foi adotada por ele como meio de se conseguir tal intento. Assim sendo, alguns hóspedes podem escolher o que irá ser preparado no cardápio.