Conheça o Parque Cidade Jardim, empreendimento de José Auriemo Neto

Em 2004 José Auriemo Neto mostrou ao pai, Fábio Auriemo que a empresa da família deveria investir em um complexo residencial e comercial de luxo na Marginal Tietê. A ideia do executivo era de oferecer em um só lugar opções de moradia, comércio e lazer, e dessa forma seus moradores poderiam fugir do trânsito caótico e da falta de segurança da capital paulista.

“Disse a ele para esquecer o assunto, que a Marginal Pinheiros não servia para um empreendimento desses”, afirmou Fábio Auriemo na época. Apesar da negativa do pai, José Auriemo Neto mostrou que a entrada poderia ser feita pelos fundos da marginal, em uma área residencial.

Contudo os planos do empresário eram bem maiores para o empreendimento, que teria torres residenciais, torres comerciais, um shopping e um hotel. Então o presidente da JHSF Participações​, após convencer o pai, adquiriu o terreno de 80 mil metros quadrados da Eletropaulo e deu o aval para a construção do Parque Cidade Jardim.

Antes do lançamento em 2006, 80% das 322 unidades já havia sido comercializada. Os apartamentos mais em conta, de 240 metros quadrados, estavam na faixa de R$ 2 milhões, enquanto o maior, um triplex de 1,8 mil metros quadrados, foi vendido por R$ 18 milhões.

O destaque do empreendimento é o shopping center de luxo. Com 180 lojas em um espaço de 48 mil metros quadrados, o centro de compras reúne algumas das grifes mais famosas do mundo como Daslu, Tiffany, Gucci, Armani, entre outras. Trata-se de um espaço com arquitetura moderna que ainda oferece universidades, agências bancárias, praça de alimentação completa, cinemas, entre outras opções de lazer e diversão.

José Auriemo Neto se inspirou Roppongi Hills, empreendimento “multifunções” construído em Tóquio. O complexo idealizado pelo bilionário japonês Minoru Mori reúne apartamentos residenciais, escritórios, lojas, restaurantes e um museu. Desde de sua concepção até a inauguração foram 17 anos e um custo de cerca de US 4 bilhões. O conceito espalhou-se por diferentes países até chegar ao Brasil.

A JHSF

A JHSF é uma empresa genuinamente brasileira que atua em diferentes setores: incorporações imobiliárias, hotelaria, administração de centros comerciais, gastronomia e até a administração de um aeroporto. Foi fundada em 1972 ainda com o nome JHS com foco no ramo imobiliário, contudo buscou ampliar os setores de atuação, destacando as atividades de renda recorrente.

Passou a se chamar JHSF em 1990 após uma cisão na companhia. A partir daí, Fábio Auriemo assumiu o controle da operação braço da empresa. E foi assim até 2003, quando José Auriemo Neto, na época diretor passou a ser o presidente-executivo. Antes disso, em 2001, o executivo já tinha se destacado ao criar a divisão de shopping centers.

Com o sucesso no segmento de luxo vieram novos projetos e posicionamentos frente ao mercado. Em 2007, por exemplo, a JHSF fez uma Oferta Pública de Ações (OPA) e desde então suas ações são negociadas no Novo Mercado da BMF&Bovespa.

Durante todos esses anos de atuação, a companhia de José Auriemo Neto foi responsável por investir e fomentar mais de 6 milhões de metros quadrados de empreendimentos no Brasil e América Latina.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *